• Busca:
Blog

Nematoides

31 de março de 2015 as 16:08 Postado por: Admin Nematoides

A infestação de nematoide Meloidogyne incognita tem se transformado em um dos principais fatores responsáveis pela redução da produtividade do algodão em Mato Grosso. Além disso, a cultura sofre ainda com a compactação do solo, que registra uma resistência à penetração na camada de 10 a 20 cm do solo.

As informações são de pesquisa desenvolvida pela Embrapa e pelo Instituto Mato-grossense do Algodão (IMAmt). De acordo com os dados levantados, há um aumento na incidência de nematoides nas lavouras quando comparados com os números coletados há dez anos. 

As duas espécies com maior distribuição são o Pratylenchus brachyurus, presente em 96% das amostras, e o Meloidogyne incognita, encontrado em 23% das áreas analisadas. Também foram encontrados em menor proporção Rotylenchulus reniformis e Heterodera glycines.
 
De acordo com o trabalho, apesar de estar presente na maior parte das lavouras, o Pratylenchus não tem relação com a queda na produtividade do algodoeiro. Já o Meloidogyne incognita, causador de galhas nas raízes, está fortemente relacionado à baixa produtividade, sobretudo se a incidência ocorre em áreas de solo compactado.
 
"São causas independentes. Não é sempre que você tem compactação e nematoides. Mas sempre que tem compactação do solo e presença de Meloidogyne, os danos são maiores. São fatores aditivos. A planta tem pouco volume de solo para explorar e o nematoide ataca as raízes naquela área", explica o pesquisador e chefe-geral da Embrapa Agrossilvipastoril, João Flávio Veloso Silva.

Fonte: Leonardo Gottems, Agrolink

Blog AnteriorPróxima Blog



Nema News

FMC

A FMC Agricultural Solutions é uma das líderes no fornecimento de inseticidas, herbicidas e fungicidas. Atua principalmente nas culturas de algodão, arroz, batata e outras.

Saiba mais sobre a FMC
Desenvolvido por AM4 - A Internet de Resultados