• Busca:
Blog

Nematoides são analisados em Goiás

15 de dezembro de 2014 as 18:49 Postado por: Admin Nematoides são analisados em Goiás

Com o aumento de problemas fitossanitários, as doenças causadas por fungos, tanto na parte aérea quanto no sistema radicular, e principalmente doenças incitadas por fitonematoides têm trazido prejuízos na produtividade das lavouras, bem como o aumento do custo de produção. Dessa forma, a Spaço Agrícola, com o apoio da FMC Agricultural Solutions e outras empresas, contrataram a Semear, consultoria especializada em solos, para um levantamento das populações de nematoides em 13 municípios do Estado de Goiás, correspondente a 6 mil hectares, sendo cada amostra composta representativa de quadrantes de 10 hectares. As cidades que participaram foram Bom Jesus de Goiás, Edealina, Edéia, Goiatuba, Inaciolândia, Indiara, Itumbiara, Joviânia, Morrinhos, Piracanjuba, Pontalina, Santa Cruz de Goiás e Vicentinópolis.

Nesse estudo, realizado de janeiro a março de 2012, foi constatado o gênero Heterodera (nematoide dos cistos) em dois municípios, Meloidogyne (nematoide de galhas) em seis deles e Pratylenchus (nematoide das lesões radiculares) em todos os município avaliados. “É importante salientar que em Bom Jesus e Goiatuba houve a incidência dos três gêneros mencionados. O gênero Pratylenchus apresentou a maior frequência de distribuição, encontrado em 96% das amostras analisadas. Para a maioria dos municípios amostrados, os níveis populacionais apresentaram-se altos para Meloidogyne e Heterodera”, explica os autores do estudo, engenheiros agrônomos, Marcos Augusto de Freitas (fitopatologista), Leonardo de Moura Borges (especialista em manejo de solos) e a biológa Sildete Luiza dos Santos (técnica de laboratório). 

Os autores alertam os produtores e consultores da área que mesmo com o nível alto de presença de nematoides do gênero Pratylenchus sp, o maior percentual das amostras estão ainda em nível médio. “Hora de estabelecer métodos de manejo sustentável para que não ocorra como os níveis das áreas amostradas e detectadas contagens nos gêneros Meloidogyne e Heterodera, este sim, já provocando danos às produtividades”, conclui.

O estudo ainda destaca a importância do levantamento das espécies e população de fitonematoides. “Contribui na adoção de estratégias e táticas, visando o controle sustentável desses microrganismos. Auxilia na indicação da melhor espécie ou melhor cultivar a ser utilizada no planejamento de rotação de culturas e no produto químico ou biológico ideal para tratamento de sementes ou aplicação em sulco de semeadura”. O outro fator que a pesquisa indica é que para garantir alta produtividade e a sustentabilidade nos sistemas de produção, é que não existe uma “pílula mágica” para resolver todos os problemas fitossanitários. A solução para cada um desses problemas, normalmente é composta de pequenos “tijolos”, denominados acertos. E quanto maior o número de acertos, mais próximo o produtor se aproxima da construção do “castelo ideal”, tecnicamente denominado de agricultura sustentável. Conquista-se com isso menor custo de produção e social, menor impacto ambiental, maior produtividade e lucratividade.

O coordenador de desenvolvimento de mercado da FMC, Felipe Faria, ressalta a parceria do projeto. “A FMC sempre apoiará estudos como esse que leva conhecimento prático sobre a incidência de doenças para que o produtor tenha mais produtividade e rentabilidade nas lavouras e principalmente contribui para o manejo mais sustentável. Além do amplo portifólio para controle no campo, queremos trazer conveniência, orientações e efetividade com as nossas soluções tecnológicas. A identificação desses microrganismos é fundamental para um manejo mais responsável”, comentou.

 

Blog AnteriorPróxima Blog



Nema News

FMC

A FMC Agricultural Solutions é uma das líderes no fornecimento de inseticidas, herbicidas e fungicidas. Atua principalmente nas culturas de algodão, arroz, batata e outras.

Saiba mais sobre a FMC
Desenvolvido por AM4 - A Internet de Resultados